Notícias

Publicado: 29/08/2019

Senado nomeia Theodor Amstad patrono do cooperativismo brasileiro

O Plenário do Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (27) projeto de lei que concede o título de patrono do cooperativismo brasileiro para o padre suíço Theodor Amstad (1851-1938). O PL 2.107/2019 segue agora para a sanção presidencial.

Amstad foi responsável pela primeira cooperativa da América do Sul, a Caixa Rural de Nova Petrópolis, na área de crédito, criada em 1902 que está em funcionamento até hoje. No ano seguinte, ele elaborou as primeiras diretrizes para a constituição de cooperativas, antes mesmo que o governo brasileiro editasse a primeira legislação sobre o cooperativismo, em 1907. O padre jesuíta chegou ao Brasil em 1885 e prestou assistência econômica, social e cultural a colonos agrícolas de origem germânica na então província do Rio Grande do Sul.

O relator do projeto, senador Lasier Martins (Podemos-RS), destacou a atuação do padre e agradeceu aos colegas pela concessão da homenagem.

 


Fonte: Agência Senado